Carrapato

São parasitas externos que podem atacar animais domésticos, silvestres e o homem. Atualmente, são conhecidas cerca de 800 espécies em todo o mundo.

Fixam-se em seus hospedeiros por um tempo relativamente longo para alimentar-se de seu sangue.

Os tipos mais comuns são o carrapato estrela (Amblyomma cajenense), carrapato vermelho (Rhipicephalus sanguineus) e o Amblyomma cooperi, exclusivo das capivaras.

Com o aumento da população das capivaras, é cada vez mais comum o aparecimento de carrapatos em parques públicos, rios e lagos.

Apesar de ser mais difícil, as pessoas também podem levar alguns parasitas na roupa, por exemplo, dando origem à infestação do ambiente e, por consequência, do pet. Os carrapatos também podem se deslocar por grandes distâncias, fazendo com que o foco de infestação seja, por exemplo, a residência de um vizinho.

Manter a higiene do animal em dia e realizar a desinfecção do ambiente em que o cão ou gato passam boa parte do tempo são duas medidas que podem prevenir e tratar o problema.

Carrapatos  se proliferam em grande quantidade, infestando o ambiente e o animal em busca de sangue para se alimentar e continuar a se reproduzir.

Doenças:

Febre Maculosa - doença febril causada por bactéria e que pode levar à morte. Os sintomas são dores musculares, de cabeça, náuseas, vômitos e manchas vermelhas pelo corpo.

 

Doença de Lymedoença causada por bactéria e que provoca mal-estar, fadiga, dor de cabeça, febre, calafrios e rigidez no pescoço.

Fonte de informação: www.aprag.org.br